1. O carnaval pode ter se originado de uma festa na Roma Antiga para homenagear o deus Saturno. A festa era chamada de saturnália.

2. O Império Romano pode ter caído, não a saturnália. Mas a festa continuou acontecendo sempre na mesma época do ano. Embora tenha se oposto a esses festejos pagãos, a Igreja Católica, em 590 d. C. decidiu reconhecê-los. Ela exigiu, porém, que o dia seguinte (Quarta-Feira de Cinzas) fosse dedicado à expiação dos pecados e ao arrependimento.

3. Um carro alegórico demora sete meses para ficar pronto.

4. Além do carnaval de Salvador, de Olinda e Rio de Janeiro, as festas de carnaval mais conhecidas do mundo são as de New Orleans (Estados Unidos), Veneza (Itália) e Colônia (Alemanha).

5. A primeira marchinha de carnaval foi escrita pela compositora Chiquinha Gonzaga, em 1899, e se chama “Ó Abre Alas”.

6. A terça-feira de carnaval não é um feriado oficial. Pode-se dizer que é facultativo, pois não existe nenhum lei que institua esse feriado (chamado também de terça-feira gorda).

7. A data em que se comemora o Carnaval é definida com base na Páscoa – diga-se Calendário Lunar. A Quarta-Feira de Cinzas sempre cai 46 dias antes do domingo da festividade, que é a soma dos 40 dias que antecedem o Domingo de Ramos com os 6 dias da Semana Santa.

8. Havia nos antigos carnavais o hábito de jogar água, ovos e frutas podres nas pessoas. Tal hábito acabou sendo proibido na Europa. Mas as mulheres continuaram a poder atirar água da janela aos transeuntes desde que fosse limpa.

9. O primeiro desfile de carnaval no Brasil ocorreu por volta de 1855.

10. Em 1930, uma escola de samba possuía, em média, 100 integrantes. Hoje, cada escola conta com até 5 mil integrantes.

fonte

Veja também

Comentários