1376208570_ellf.ru-011

O calor vem vindo com tudo! Que venham os sorvetes!

 

1- No interior do Brasil, durante muito tempo, o sorvete foi ignorado. O sertanejo se recusava a tomá-lo por ser frio demais, suspeitando que desequilibrava o calor interno.

giphy (6)

2- O imperador do Brasil D. Pedro II era louco por sorvete de pitanga.

giphy (7)

3- Não demorou muito para os sorvetes brasileiros ganharem um toque tropical, misturados a carambola, pitanga, jabuticaba, manga, caju e coco.

giphy (8)

4- Até o século XIX, o sorvete era considerado alimento de gente rica. As damas da nobreza chegavam a brigar entre si (puxar o cabelo e sair na unha), porque uma roubava da outra o mestre sorveteiro.

giphy

5- O inventor da máquina de sorvetes foi o florentino Procópio Coltelli, que abriu em 1660 a primeira sorveteria de Paris (o Café Procope), ainda hoje o estabelecimento mais antigo da cidade.

tumblr_inline_ns0fizo5lP1rpb74x_500

6- Diz a lenda que Carlos I, da Inglaterra (marido da neta de Catarina), pagava uma pensão vitalícia a seu sorveteiro exclusivo, com a condição de que ele não revelasse a receita para ninguém. Seus sorvetes, em forma de ovo, tinham a casca de baunilha e a gema de framboesa.

giphy (5)

7- Outra lenda famosa é a do imperador Nero de Roma, que, de tão louco pela iguaria, mandava um exército de escravos escalar até o alto das montanhas para colher neve e depois misturá-la com mel e frutas.

giphy (4)

8- Existem diversas versões para a origem do sorvete. A maioria dos historiadores acredita que ele foi criado na China, há mais de 3 mil anos. Nessa época, era uma pasta de leite de arroz misturado com neve, e ficava parecido com uma raspadinha.

giphy (3)

9- No Brasil, o sorvete chegou primeiro ao Rio de Janeiro, ainda na monarquia. No dia 23 de agosto de 1834, Lourenço Fallas inaugurou na corte duas casas que vendiam sorvetes e produtos gelados, uma no Largo do Passo e outra na Rua do Ouvidor. Para garantir que o produto não derretesse, comprou 217 toneladas de gelo de Boston, nos Estados Unidos, que foram trazidos para o Brasil por um navio. O gelo foi envolto em serragem e enterrado em buracos – com a técnica, durou 5 meses.

giphy (2)

10- “Sorvetes todos os dias às 15 horas, na Rua Direita nº 14″ foi o anúncio colocado em 4 de janeiro de 1878 no jornal A Província de São Paulo por uma das primeiras sorveterias da capital paulista. Como ainda não existia uma maneira de conservar o sorvete gelado por muito tempo, ele deveria ser consumido logo após o preparo.

giphy (1)

 

fonte e fonte

fotos/reprodução

Veja também

Comentários