Por 18 meses a fotógrafa Gabriele Galimberti fez um trabalho fotográfico retratando crianças do mundo e seus objetos mais importantes, em um projeto intitulado Toy Stories.

Em seus 18 meses fotografando Gabriele percebeu que as crianças de países mais ricos eram mais possessivas em relação ao seus brinquedos, elas eram mais individualistas e não tão fáceis de se relacionar e brincar, diferentes dos meninos e meninas de países mais pobres. Mas ela detectou também que havia algumas similaridades nessas crianças com relação aos poderes funcionais e protetores que os brinquedos representavam para elas.

Você pode saber mais sobre o trabalho dessa fotógrafa clicando nesse link.

Taha-Libano

Taha – Libano

Tyra-Suécia

Tyra – Suécia

Abel-Mexico

Abel – Mexico

Alessia- Italia

Alessia – Italia

Allenah-Filipinas

Allenah – Filipinas

Arafa-e-Aisha-Aman-Zanzibar-

Arafa e Aisha Aman – Zanzibar-

Chiwa-Malawi

Chiwa – Malawi

Li-Yi-Chen-China

Li-Yi – Chen-China

Maudy-Zambia

Maudy – Zambia

Mikkel, Noruega

Mikkel – Noruega

Noel-EUA

Noel – EUA

Orly-EUA

Orly – EUA

Oscar-Reino Unido

Oscar – Reino Unido

Pavel-Ucrânia

Pavel – Ucrânia

Puput-Indonesia

Puput – Indonesia

 

fonte

Veja também

Comentários