camisinha-dst

Um grupo de estudantes da Isaac Newton Academy, em Londres, conseguiu criar um mecanismo que muda a cor dos preservativos masculinos quando eles entram em contato com alguma doença sexualmente transmissível.

camisinha-dst3

camisinha-dst2

Chamado de S.T.EYE, o projeto foi criado por Daanyaal Ali, 14, Muaz Nawaz, 13 e Chirag Shah, 14. Eles buscaram uma forma de tornar a detecção das doenças ainda mais fácil. Se após a relação sexual a camisinha ficar verde, há indicação de clamídia, se ficar amarela, herpes, azul, sífilis e roxo, HPV.

“Nós queríamos fazer algo para tornar a detecção de DSTs mais segura do que nunca, a fim de que as pessoas pudessem tomar uma ação imediata na privacidade de suas casas e sem a necessidade de procedimentos médicos invasivos“, disseram os garotos ao Indepenent UK.

O projeto conquistou o primeiro lugar na categoria “saúde” do TeenTech Awards, uma competição que incentiva a ciência e a inovação entre jovens de 11 a 16 anos.

fonte 

Veja também

Comentários