RECOMENDA10

Puta que pariu como o Réquiem do Mozart é bom. Puta que pariu! Não consegui me conter. É muito bom.

Para quem não sabe, Réquiem é um tipo de composição muito parecido com uma Missa (que também é um tipo de composição), mas no caso do Réquiem, é uma missa fúnebre. Antigamente, quando os compositores trabalhavam pra nobreza e pra igreja, esse tipo de obra era muito comum.

requiem-dies-irae

Foi um homem com ar misterioso que encomendou o Réquiem para o Mozart, então existe muita história sobre essa obra; lendas, suposições, histórias avulsas. Tem de tudo. E por quê? Porque ele morreu antes de terminar. PLUS: Porque ele já estava na pior quando escreveu. Sem muito dinheiro, abalado pela morte do pai, um pouco doente, e ainda acreditando que esse Réquiem seria para o seu próprio funeral. Também porque é um dos melhores Réquiens que existe, segundo e crítica e segundo euzinha. E também, claro, porque o Mozart é o Mozart.

Essa deliciosa peça escrita em latim, tem 14 partes (tipo um CD que vem 14 faixas) e é formada por uma orquestra com um órgão, mais um coral completo e mais alguns solos vocais aqui e ali.
Depois de ouvir algumas vezes você vai estar por aí cantando em latim e achando o máximo.

Você pode baixar gratuitamente a partitura completa com a letra da música aqui, caso você queira tocar ou cantar.

 

A sequência das músicas acompanha a ordem da missa, como você pode notar:

Introitus – Requiem
Kyrie
Sequentia – Dies irae
Sequentia – Tuba Mirum
Sequentia – Rex tremendae
Sequentia – Recordare
Sequentia – Confutatis
Sequentia – Lacrimosa
Offertoruim – Domine Jesu
Offertoruim – Hostias
Santus
Benedictus
Agnus Dei
Communio – Lux aeterna

A única tristeza dessa música é o Mozart não ter terminado. Quem finalizou a peça pra ele foi um de seus alunos.

Você pode assistir ao filme Amadeus, de 1984, que conta um pouco da vida de Mozart e também uma das versões fantasiosas acerca da composição do Réquiem. É muito bom esse filme. Se você gosta do Oscar, saiba que ele ganhou o prêmio de Melhor Filme.

british_quad_amadeus_linen_JC09816_L

Então se você nunca ouviu um Réquiem, o do Mozart é uma ótima indicação para seus ouvidos. Claro, Réquiens são sempre incríveis (o do Verdi, o do Fauré, o do Brahms, etc etc), mas o do Mozart! É um clássico.

Ouça e deslumbre-se!

 

Redação Café Sem Pó

fotos/reprodução

Veja também

Comentários