Com uma aparência assustadora, essa invenção maluca de 1925, o capacete Isolador, seria muito útil nos dias atuais.

Criado pelo inventor Hugo Gernsback, o capacete tinha uma função muito simples: isolar todos os barulhos e distrações para que o usuário conseguisse focar mais facilmente no trabalho.

Feito de madeira sólida, o capacete era tão fechado que incluía no conjunto um tanque de oxigênio.

A aparência é, sem dúvidas, assustadora, mas é provável que hoje, na era das distrações, esse capacete teria grande utilidade.

 

 

Redação Café Sem Pó
fotos/reprodução

Veja também

Comentários