Juntar dinheiro

5 Erros comuns que não te deixam guardar dinheiro

Guardar dinheiro, na teoria, parece muito fácil, principalmente se você não tem contas para pagar.

Mas a realidade é outra, como você já sabe.

Além de ter todas as contas do mundo para pagar, existem ainda alguns probleminhas que acabam nos sabotando.

Veja a lista abaixo de erros comuns que podem ser facilmente evitados.

1. Não ter um orçamento definido

Um dos piores erros é não saber exatamente seus rendimentos e despesas fixas e variáveis.

Conhecer o quanto sobra do seu salário é o que vai determinar o quanto deve guardar para adquirir um bem novo e realizar um sonho.

2. Gastar mais do que ganha

A explicação é simples: se sai mais dinheiro do que entra, você nunca irá conseguir acumular uma graninha.

A única solução nesse caso é adequar seu padrão de vida.

3. Recusar-se a cortar custos

Se você não está disposto a cortar custos para aumentar suas economias, você provavelmente não conseguirá ver o crescimento consistente da sua poupança.

Se você, por exemplo, não consegue evitar uma compra ao ir a uma determinada loja, evite ir a esse lugar para não ficar tentado ao consumo.

4. Não estar preparado para despesas inesperadas

Você nem sempre pode prever o que vai acontecer com você e os custos que você pode enfrentar.

Por isso, não ter um fundo de emergência é um erro grave.

Afinal, se aparecer alguma despesa inesperada, recorrer a um empréstimo com juros só vai piorar a situação.

5. Atrasar o pagamento de dívidas

Os juros são os maiores sabotadores de suas economias.

Evite ao máximo atrasar contas, principalmente aquelas com juros mais altos.

Se suas contas vencem no dia 5, por exemplo, mas você só recebe no dia 10, tente mudar as datas de vencimento.

Quanto mais rápido você se livrar da dívida, mais dinheiro você vai liberar para atender às suas metas de poupança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *