Transferência de curso: como funciona e onde fazer em São Paulo

transferencia de curso

Se você está pensando em trocar de universidade por estar descontente com seu curso ou com sua instituição, saiba que não precisa optar pela desistência, pois você pode solicitar uma transferência de curso. A alternativa é válida também caso a sua faculdade seja muito distante de sua casa, o que gera um grande problema de deslocamento, não é mesmo? Assim, se você tiver a chance de encontrar uma opção melhor, a transferência pode te ajudar. 

Para dar o primeiro passo rumo à transferência de curso é importante saber quais as universidades em São Paulo aceitam o processo e podem acolher seus planos profissionais. A transferência FMU é uma das instituições paulistas que você pode contar caso decida pela mudança. A seguir você poderá entender um pouco mais sobre o processo de transferência de curso e conferir uma lista das universidades (públicas e privadas) de São Paulo que aceitam alunos de outras instituições. Fique por dentro e veja qual das opções pode ser a melhor para você!

Transferência interna ou externa?

Quando se fala em transferência de curso, há duas possibilidades a serem levadas em consideração, a transferência interna e a externa. A interna (mudança de curso dentro da instituição) é mais fácil de ser solicitada ao se pensar em mudar de curso, basta se informar junto à sua instituição. Cada faculdade possui as suas próprias regras, portanto é fundamental conversar com os responsáveis do setor para obter as orientações de como proceder e ficar atento às vagas oferecidas para os cursos que possam te interessar. 

No caso da transferência de curso externa você solicita a mudança de curso para outra instituição. O processo é um pouco mais burocrático, mas também vale a pena, caso o curso pretendido não seja oferecido ou não tenha vagas na sua universidade. A transferência externa pode ser realizada tanto entre faculdades públicas quanto privadas. O processo só dependerá mesmo da disponibilidade de vagas para a área almejada. 

Em ambos os casos, tanto na transferência interna quanto na externa, é possível conseguir um aproveitamento de disciplinas já cursadas. Importante lembrar que a mudança para outra instituição, às vezes, não diz respeito somente ao curso, mas à localização e infraestrutura da universidade. Então se a sua atual faculdade está deixando a desejar ou sua localização fica distante para você, considere a alternativa de pedir uma transferência. Abaixo, confira algumas universidades paulistas que estão entre as opções.

Centro Universitário FMU

A FMU aceita estudantes matriculados em outras instituições ou que estejam sem estudar no momento, mas que tenham o desejo de voltar a estudar e terminar seus estudos. A Instituição utiliza o sistema de Transferência por Aproveitamento de Estudos, sendo assim, o candidato pode comprovar aproveitamento de pelo menos 75% de sua carga horária e conteúdo, quando comparados às disciplinas da FMU. A coordenação do curso é que valida e dispensa o candidato das disciplinas já cursadas e daquelas com conteúdo e carga horária equivalentes às da Instituição. É importante lembrar que caso você possua Financiamento Estudantil você poderá migrar o seu FIES para a FMU e continuar desfrutando do benefício.

Universidade de São Paulo (USP)

Para ingressar na USP por meio de transferência, é preciso verificar junto à Unidade de Ensino (na seção de alunos), que oferece o curso de seu interesse, se há vagas disponíveis e quais os procedimentos para inscrição e seleção. Cada unidade é responsável pelo remanejo de vagas e, no site da universidade, você poderá encontrar o acesso rápido às unidades e assim conferir os cursos oferecidos de acordo com sua área de interesse, bem como buscar informações sobre vagas disponíveis. 

transferencia de curso

UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo)

Para tentar uma vaga na universidade, podem se candidatar à transferência de curso estudantes regularmente matriculados na UNIFESP ou em outras instituições de Ensino Superior credenciadas pelo Ministério da Educação. Ao solicitar o processo de transferência de curso, o candidato poderá optar pelo curso pretendido, concorrendo às vagas chamadas ociosas, ou seja, aquelas não ocupadas em razão de desistência, transferência, desligamento, abandono, óbito ou quantidade remanescente do processo seletivo. Lembrando que o processo de transferência de curso ocorre geralmente uma vez por ano.

UNIP (Universidade Paulista)

A UNIP garante transferência de curso imediata tanto na modalidade presencial quanto na EaD (Ensino a distância). No site da instituição é possível simular o processo, indicando seu curso de origem e o semestre em que você parou. Você também pode escolher o campus pretendido entre as 19 unidades da instituição, bem como pode indicar o turno de sua preferência. A universidade oferece isenção de pagamento no primeiro e segundo semestre para as adaptações cursadas.

Anhembi Morumbi

Se você optar por realizar a transferência de curso para a instituição você poderá contar com até 50% de bolsa durante todo o curso. A solicitação pode ser individual ou em grupo através do formulário de transferência disponível no site. Ao solicitar uma vaga, você poderá pedir dispensa de disciplinas já cursadas, basta apresentar a documentação relativa e aguardar a análise.

E então? Já fez a sua escolha, então busque por mais informações junto à universidade almejada e comece hoje mesmo a investir nessa mudança!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *