1. O nome da série foi inspirado em uma feira internacional de 1939 da General Motors, que tinha o mesmo nome. Outros nomes que foram cogitados para a série foram “Doomsville” e “Aloha, Mars!”.

2. O nome do Professor Farnsworth foi inspirado no nome do inventor Philo Farnsworth, um dos inventores pioneiros da Televisão e que inclusive se apresentou na feira “Futurama” de 1939. O primeiro nome de Fry (Philip), foi batizado em homenagem ao ator Phillip Edward Hartmann após sua morte em 1998. O nome do Bender foi inspirado no personagem John Bender, do filme Clube dos Cinco (1985). O nome da Turanga Leela foi inspirado na personagem Leela da série Doctor Who (1963), interpretada pela atriz Louise Jameson.

3. Alguns personagens apareceram em episódios muito antes de serem introduzidos na série. Pelo menos umas duas vezes eles inseriram sombras de personagens que ainda seriam introduzidos na série no futuro. No primeiro episódio, por exemplo, é possível ver a sombra de Nibbler sob a mesa quando Fry cai no congelador, mesmo quando ainda nem sonhávamos em conhecer Nibbler, pois ele só apareceria em episódios futuros.

4. O Dr. Zoidberg tinha dentes, mas só nos primeiros episódios.

5. Matt Groening modelou o formato do Bender após se inspirar no personagem robô Necron 99/Peace do filme pós-apocalíptico animado Wizards (1977), de Ralph Bakshi.

6. O uniforme que Leela usa na maioria dos episódios da série foi inspirado no uniforme de personagens femininos famosos de filmes de ficção científica. No episódio piloto da série, Leela tira sua jaqueta para revelar sua regata branca. Os criadores não revelaram, mas acredita-se fortemente que sua roupa tenha sido inspirada na roupa que Sigourney Weaver usou em Alien, o Oitavo Passageiro (1979).

7. O estilo meio antiquado de Fry, jaqueta vermelha e calça jeans azul, foi inspirado na roupa do personagem Jim Stark, interpretado por James Dean em Juventude Transviada (1955).

8. A história do cachorro de Fry foi parcialmente baseada em uma história real. Seymour, o leal cachorro de Fry que ficou esperando por ele após ele ter desaparecido no congelador e que acabou morrendo do lado de fora da pizzaria, foi parcialmente inspirada em uma história verdadeira. Existiu um cachorro chamado Hachiko, que esperou por nove anos seu proprietário retornar do trabalho, mas ele não voltava porque havia falecido. A história real de Hachiko foi contada no filme Sempre ao Seu Lado (2009).

9. No episódio em que os personagens trocam de corpos (episódio 10 – 6ª temporada), a fórmula matemática mostrada em uma das cenas que revela como eles poderiam voltar para os corpos originais, não foi aleatória. O escritor do episódio, Ken Keeler, que também é PhD em Matemática, escreveu uma fórmula de verdade sobre como as pessoas poderiam trocar de corpo.

10. Alguns efeitos sonoros que foram ao ar na série são os mesmos de outros desenhos de ficção científica, como Os Jetsons (1962) e Jornada nas Estrelas (1966). E não foram só os efeitos sonoros que eles copiaram não, o tubo usado como transporte de pessoas, que aparece na introdução do desenho, também já era usado em Os Jetsons (1962).

 

fonte

Veja também

Comentários