Quando se pensa em tatuagem das antigas, uma das primeiras imagens que vem à cabeça é a de algum marinheiro tatuado com barcos ou sereias, ou elementos marítimos do tipo. E essas tatuagens tão marcantes e tradicionais têm seus significados específicos.

A ilustradora Lucy Bellwood, que já participou de expedições marítimas, reuniu em uma incrível ilustração a explicação de algumas das principais tatuagens escolhidas pelos trabalhadores do mar.

 

Um barco totalmente equipado: o marinheiro passou pelo Cabo Horn.

Andorinha: uma por cada 5.000 milhas náuticas percorridas.

Âncora: Uma única âncora significa que o marinheiro atravessou o Atlântico ou que ele era marinheiro comercial.

Corda: Uma corda amarrada em torno do pulso indica que o marinheiro tem o nível de marinheiro de plataforma.

Âncoras cruzadas: quando estão na palma das mãos, entre o polegar e o indicador, eles fazem alusão à amizade com um contramestre.

Mulher havaiana: marinheiros americanos que estavam no Havaí.

Porco e galo: durante a Segunda Guerra Mundial, as tatuagens de um porco e um galo impediram o marinheiro se afogar. Os galos e os porcos foram então embarcados em gaiolas flutuantes, de modo que muitas vezes foram encontrados como os únicos sobreviventes de um naufrágio.

HOLD FAST: As palavras HOLD e FAST foram escritas nas juntas de cada mão, na esperança de que o marinheiro dê uma boa aderência ao equipamento.

Armas cruzadas: significam o serviço naval militar.

Casco de Tartaruga: Obtido após a iniciação no Tribunal do Rei Netuno depois de ter atravessado o equador.

Estrela náutica: para um marinheiro encontrar sempre o caminho para casa.

Outras tatuagens e seus significados

Rosa dos ventos: Igualmente, para um marinheiro encontrar sempre o caminho para casa.

Cruzes: nas solas dos pés, para manter afastado os tubarões com fome.

Faca atravessando de uma rosa: um marinheiro leal e pronto para lutar com tudo, mesmo com algo tão doce como uma rosa.

Dragão: um marinheiro que serviu na China.

Dragão dourado: tatuado quando o marinheiro cruzou a linha internacional de mudança de data (no Oceano Pacífico).

Arpão: a marca de um baleeiro ou um membro de uma frota de pesca.

Rei Netuno: ganhou quando o marinheiro atravessa o equador.

Palmeira: marinheiros ingleses que, durante a Segunda Guerra Mundial, faziam parte dos cruzeiros do Mediterrâneo, ou marinheiros americanos que passaram uma temporada no Havaí.

 

Redação Café Sem Pó
fotos/reprodução

Veja também

Comentários