Você já deve ter ouvido falar de anéis de troncos de árvores; normalmente utilizados para obter dados como idade ou crescimento das plantas, esses anéis são semelhantes aos sulcos de um disco de vinil (aqueles riscos por onde a agulha corre).

Pensando nisso, o músico Bartholomäus Traubeck teve a incrível ideia de cortar finas fatias de troncos de diferentes árvores e desenvolver um equipamento para extrair o som encontrado nesses anéis.

Baseando-se no mesmo princípio do toca-disco, a agulha adaptada do aparelho interpreta informações como textura e cor, e converte-as em notas musicais de piano.

Traubeck extraiu o som de sete árvores diferentes [pinheiros, carvalhos, bordos, nogueiras, armeiros, freixos e faias] e criou um álbum chamado “Years“.

Cada árvore tem seus próprios anéis, o que significa que a música de cada uma é sempre diferente.

Ouça aqui o álbum.

Redação Café Sem Pó
fotos/reprodução

Veja também

Comentários